11 de abril de 2011

Sonhos Meus



Eu me vou com a extensa madrugada
Noite sem sono e me encontro serena
Noite de brisa, pincel tinta e pena.
Aos suspiros me vejo sonhando acordada

Como negar que estou apaixonada?
Tantos pensamentos numa pessoa apenas
Talvez minha fé seja pequena
Por me contentar em sofrer calada.

Minhas músicas por aí ecoam
Palavras de amor, que ao meu ouvido soam
Cânticos de contos de fadas, sem finais

Me pergunto, muitos dias ainda faltam?
Aqueles dias um dia voltam?
Peço, sonhos meus, por amor se façam reais.

3 comentários:

Romantico Rebelde disse...

Lindo. Amei mesmo! De verdade! Leio e releio... Tão puro que parece que posso ouvi-lo.

Rodrigo Joel disse...

Bela composição. Raros são os sonetos com boas rimas ricas. Bom mesmo.
Quanto à sensibilidade da poeta é comum só às estrelas mais altas. E seus sentimentos são as pérolas mais profundas.
Coisa fina!

vida ! disse...

em cada palavra encontro verdade! nega.. continue assim.. usando as palavras ao seu favor!

Siga-me

Auto-Estima

"Se um dia alguém fizer com que se quebre a visão bonita que você tem de si, com muita paciência e amor reconstrua-a. Assim como o artesão recupera a sua peça mais valiosa que caiu no chão, sem duvidar de que aquela é a tarefa mais importante, você é a sua criação mais valiosa. Não olhe para trás. Não olhe para os lados. Olhe somente para dentro e faça dali o seu lugar de descanso, conforto e recomposição. Crie este universo agradável para si. O mundo agradecerá o seu trabalho"
Brahma Kumaris

Alguém - Carina Lila

O Teu Amor - Dan Santos e Carina Lila